AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Quinta-feira, 26 de Abril de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Intervenções Institucionais

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - feiras

Export Home propõe melhores negócios com mais compradores estrangeirosna rota dos profissionais do mobiliário

 

De 3 a 7 de Março de 2009 – 10H00/20H00 – Exponor

A 21 ª edição da maior feira portuguesa de mobiliário, iluminação, estofos e artigos para casa já está em curso.



Num formato organizativo gizado para responder à realidade actual do mercado e mais compradores internacionais garantidos, abre no próximo dia 3 de Março, a 21.ª Export Home - Mobiliário, Iluminação e Artigos de Casa para Exportação. O certame decorrerá até ao dia 7 de Março e marca a entrada em funcionamento de um serviço inovador focado na captação de visitantes profissionais estrangeiros.

Trata-se do “Exponor International Buyers”, através do qual a participada da Associação Empresarial de Portugal (AEP) que lidera o sector das feiras entre nós pretende “melhorar a atractividade” dos seus eventos profissionais e “tornar mais interactiva a relação entre a oferta local e a procura global”.

Foi assim possível assegurar a presença de mais de 350 grandes compradores internacionais (centrais de compras, grandes superfícies, indústria hoteleira, agentes de compras, redes de lojas, etc.). Se a estes se somarem os convidados dos expositores, os profissionais estrangeiros que têm a feira inscrita no seu roteiro anual de viagens de negócios, os comerciantes espanhóis – sobretudo, os provenientes da Galiza – habituados ao maior evento sectorial do ano em todo o Noroeste peninsular e todos quantos visitarão a feira por sua conta e risco, deverão passar pela Export Home 2009 cerca de dois milhares de compradores internacionais, oriundos, maioritariamente, da Europa e de África.

Apesar de não esconderem que “as feiras não estão imunes à crise”, os responsáveis da Exponor consideram “estarem reunidas condições para que nesta Export Home se façam negócios efectivos”. Esta é a “melhor fórmula” para o certame “continuar cotado, dentro e fora de portas, como a grande montra desta importante fileira da nossa economia”, destaca o director-geral, José Carlos Coutinho.

Entre os 185 stands daquela que “continua a ser a maior” feira profissional dos sectores do mobiliário e da decoração que se realiza em Portugal, como salienta o seu director, António Proença, encontar-se-ão empresas e marcas de referência, como ADC, Aldeco, António Alves, Ikea, JetClass, J. Moreira da Silva, Opostos e Viriato.

Procurando fazer jus ao lema que escolheram para a feira - “A sua porta de acesso a novos mercados” -, os organizadores estão convencidos de terem reunido, apesar de crise económica global, “um mosaico virtuoso e representativo das novas tendências da indústria portuguesa de mobiliário e artigos de decoração”.


António Alves e IKEA pela primeira vez

Durante cinco dias e numa área total de 40 mil metros quadrados, os cerca de 25 mil visitantes profissionais aguardados vão poder apreciar “a nata da produção nacional, tanto ao nível da criação e do design como da qualidade do fabrico”, promete António Proença. Serão apresentadas as colecções mais recentes de fabricantes de mobílias completas, dos mais variados estilos, móveis decorativos e de autor, estofos, tapeçarias, tecidos para decoração, iluminação e uma alargada panóplia de utilidades para casa.

Entre os expositores que irão apresentar as suas novas colecções e atestarão da vitalidade da criação, da qualidade do fabrico e do design portugueses, é de assinalar a estreia no certame da empresa António Alves, SA, de Paços de Ferreira, que até agora marcava presença unicamente nas grandes feiras de mobiliário no estrangeiro. É um fabricante reconhecido na área específica do mobiliário com granito, com vocação fortemente exportadora, e vai lançar na feira a sua colecção “Blanco”.

Outra novidade que está a concitar atenções respeita à participação da IKEA Portugal, através da seu departamento virado para a distribuição retalhista, que pela primeira vez marca presença num certame profissional no nosso país.

De regresso à Export Home, depois de alguns anos de ausência, está a Viriato hotel concept, referência cimeira da indústria portuguesa de mobiliário, que se apresentará com um “stand inovador e vanguardista, remetendo para cenários que evidenciam as soluções ‘chave na mão’ que fornece às grandes cadeias hoteleiras”, antecipa o director da feira.

De Paredes, virá também a ADC, com criações para toda a casa, que se costumam distingir pelo design e pela qualidade. Por seu lado, a JetClass, empresa dedicada ao mobiliário de época, reserva para os visitantes uma vistosa colecção, ao passo que no espaço da J. Moreira da Silva poderá ser conferido o know how e a capacidade de inovar no fabrico de cadeiras.

Outra presença notada será a da Opostos, vencedora do prémio “Evento de Design” em 2008. Trata-se de uma marca conhecida pelo design arrojado das criações de Carlos Faria e uma bandeira das últimas edições da Export Home. Estará na feira para lançar a sua colecção “Deep”.

Referência ainda para o mobiliário de autor da M. N. Arquitectura, com criações direccionadas para o segmento alto do mercado, que, segundo os seus responsáveis, sabe valorizar o design e os materiais aplicados.

Do lado da procura, entre os interessados em conferir as novas tendências do mobiliário “made in Portugal” destacam-se profissionais provenientes da Suécia, França, Bélgica, Espanha, Tunísia, Marrocos e Líbia. Estes países são representados por decoradores, designers de interiores, arquitectos, “opinion makers” e decisores empresariais de afamadas empresas e marcas, como é o caso da sueca Stylt, que obteve o primeiro lugar no "The European Hotel Design Awards 2008", na categoria de melhor design de interiores.



Iniciativas paralelas focadas no design

Para o seu director, a 21.ª edição da Export Home tem tudo para “continuar a ser o grande encontro anual do sector”. Durante cindo dias, entre as 10 e as 20 horas e em cinco pavilhões do parque da Exponor, conviverão os principais fabricantes nacionais de mobiliário, estofos e artigos de decoração e as suas mais representativas associações empresariais, parceiros do braço da AEP na organização e promoção de feiras nesta Export Home 2009.

No âmbito desta parceria, seis associações sectoriais vão estar, conjuntamente, no hall do pavilhão 6, prestando apoio aos seus associados e empresários presentes. Trata-se da AEParedes - Associação Empresarial de Paredes, da AIMMP - Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal, da APIMA – Associação Portuguesa das Indústrias de Mobiliário e Afins, da APCM - Associação Portuguesa de Comércio Mobiliário, da AEPF – Associação Empresarial de Paços de Ferreira e da AIPI – Associação dos Industriais Portugueses de Iluminação.

Paralelamente, e para tornar mais atraente o certame aos olhos dos visitantes, realiza-se, com o apoio daquelas associações sectoriais, mais uma edição do “Evento de Design”, reunindo as produções mais criativas e inovadoras dos expositores.

É ainda reeditada a “Passarela da Inovação”, evento de promoção do design do mobiliário nacional, numa organização da Exponor, com o patrocínio da empresa Outros Mercadus, e a colaboração do designer Nuno Sá Leal. Apoiam a iniciativa a Associação Portuguesa de Designers, o Centro Português de Design e a Ordem dos Arquitectos - Secção Regional Norte.

Para mais informações sobre a EXPORT HOME, clique aqui.


A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt