AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Intervenções Institucionais

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - Fundação AEP

Conferência “Liderança e Empreendedorismo” da Fundação AEP

 

Portugal tem potencial “magnético” em áreas científicas com valor económico - aponta Mal Fletcher, especialista inglês em inovação e mudanças sociais


Com o “conhecimento acumulado” ao longo de 874 anos de História, os “recursos instalados na área da inovação” e o “capital que são os seus nativos digitais”, Portugal tem condições para “sair das dificuldades” e passar a ser um “território magnético” em algumas “áreas científicas que podem gerar valor para a economia”.

A visão é de Mal Fletcher, o especialista inglês em inovação que a Fundação AEP convidou para orador principal da sua II Conferência Internacional “Liderança e empreendedorismo” que esta quinta-feira levou ao auditório da Exponor, em Leça da Palmeira, Matosinhos, mais de 500 empresários, gestores, consultores, docentes e estudantes universitários.

“O problema de Portugal pouco tem a ver com a qualidade dos seus ativos em conhecimento e inovação, as duas variáveis fundamentais para quem está na economia global. No essencial, o problema de Portugal é de estratégia, nada que as universidades, os centros de conhecimento e as empresas não possam ajudar a resolver”, afirmou o fundador da organização inglesa 2020Plus, ‘think tank’ dedicado à inovação e mudanças sociais.

Noutra passagem da sua intervenção, Fletcher apontou o Porto e a região Norte de Portugal como um “território de oportunidades” em áreas como as “tecnologias para a indústria e a saúde”. Entre Braga e Aveiro, a região tem condições para ser um “hub de inovação e conhecimento” na Europa, por combinar tradição cultural, proporcionar qualidade de vida e dispor de massa crítica na investigação e ensino pós-graduado. A região, sustentou, tem potencial para ser a versão europeia de Seattle, considerada uma das cidades globais dos EUA, Cambridge, em Inglaterra, Eindhoven, na Holanda, ou Zelenogrado, o principal centro tecnológico da região de Moscovo, na Rússia.

Todavia, para Portugal e a Europa poderem potenciar seu papel na globalização, têm de atrair “novas e inovadoras empresas” e tornar os seus “líderes empresariais e políticos em agentes de mudança e arquitetos da cultura”, adiantou Mal Fletcher.

Na conferência da Fundação AEP - uma das principais ações do projeto Apreender, que a instituição, com o apoio do Compete, tem em execução há quase dois anos -, intervieram ainda gestores e empresários portugueses, de vários setores e regiões, que falaram sobre a liderança exercida por mulheres, projetos de empreendedorismo associados à responsabilidade social e o papel do líder em ambientes altamente competitivos, como uma equipa de futebol, uma seleção nacional ou uma orquestra.

No final, Paulo Nunes de Almeida, presidente da Fundação AEP, apresentou os resultados do projeto Apreender, no seguimento do qual será lançada uma bolsa de mentores, reunindo empresários e gestores que, pelo exemplo e pela experiência, “ajudem os novos empreendedores a enfrentar o risco e a viver o sonho de ser empreendedor”.

Posteriormente, é intenção da Fundação AEP, em parceria com outras instituições, constituir um fundo de apoio ao empreendedorismo, para “alavancar e possibilitar o financiamento de projetos empresariais com potencial de afirmação, maturação, crescimento e internacionalização”.


A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt