AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - notícias em destaque

Apoiar as PME inovadoras no acesso ao SME Instrument

 

A AEP quer familiarizar as empresas suas associadas com os apoios europeus à inovação. O objetivo é facilitar-lhes o acesso ao SME Instrument, a que recorrem ainda poucas PME portuguesas


A AEP - Associação Empresarial de Portugal acaba de ampliar o portefólio de serviços às pequenas e médias empresas suas associadas, a quem passou a assegurar aconselhamento e assessoria técnica na implementação de projetos inovadores passíveis de financiamento comunitário. Esta é uma das valências do novo centro operacional criado com a recente integração da associação na Enterprise Europe Network, a maior rede europeia de serviços de informação e apoio às empresas.

Alavancar a atividade das PME inovadoras, independentemente do sector em que operam, e familiarizá-las com a medida SME Instrument do Horizonte 2020, o programa comunitário de promoção da inovação e da investigação vigente no período 2014/2020, são os propósitos dos dirigentes associativos.

Para estes seis anos, a União Europeia alocou 3.000 milhões de euros a uma linha dedicada às PME que apostam na inovação e em I&D. Embora se trate de um instrumento aberto à participação de empresas dos 28 estados membros - o que gera uma maior concorrência e eleva os níveis de competitividade - e seja gerido a partir de Bruxelas, a AEP entende que o tecido empresarial português não pode deixar de aproveitar a oportunidade. Nessa perspetiva, e para reforçar a sua capacidade de resposta orgânica, a AEP estabeleceu uma parceria com um centro privado de inovação tecnológica, a atuar em Portugal e em mais cinco países europeus, que detém uma vasta experiência em trabalhar ideias inovadoras, transformando-as em produtos/serviços comercializáveis.

O SME Instrument constitui uma medida de financiamento e apoio específico que privilegia PME com perfil inovador e potencial de desenvolvimento, crescimento e internacionalização. A sua criação visou, desde logo, responder às necessidades de financiamento das empresas recém-criadas e a projetos disruptivos em matéria de inovação e de I&D em áreas com futuro.

São passíveis de apoio todo o tipo de ações de inovação, incluindo de inovação social e de serviços não-tecnológicos, desde que em causa esteja uma atividade com assinalável valor acrescentado europeu.

Abertas desde março do ano passado e até 2020, as candidaturas ao SME Instrument podem ser apresentadas por empresas a título individual ou em consórcio, sendo enquadráveis projetos de dimensão europeia que conduzam a alterações inovadoras ao nível dos produtos, processos, serviços, distribuição e marketing, entre outras áreas.

Ao contrário de grande parte das medidas de financiamento do Horizonte 2020, o SME Instrument distingue-se por ter um carácter aberto - isto é, não pré-determina áreas específicas. Porém, há áreas que se apresentam, à partida, com maior potencial, em linha com os objectivos definidos pelas instituições europeias para o médio prazo, como sejam as tecnologias de informação e comunicação, a saúde e o bem-estar, as nanotecnologias, as tecnologias de produção, a segurança alimentar, a energia e o ambiente, a competitividade industrial e automação, os transportes e a mobilidade e a segurança energética.

Outra das virtualidades do SME Instrument é apoiar as três fases do ciclo de inovação: a avaliação do potencial tecnológico e comercial do projeto, a investigação e desenvolvimento e a comercialização.

Na primeira, os apoios financeiros poderão atingir 50 mil euros, no máximo, sendo a verba a aplicar na avaliação da ideia e na comprovação da viabilidade técnica e económica do projeto (seis meses).

Na segunda fase, os apoios podem ir de 1 a 3 milhões de euros e financiam o desenvolvimento do projeto até dois anos, com demonstrações, testes, prototipagens, linhas-piloto, design, replicação no mercado e verificação do desempenho, entre outros. Para aqui chegarem, no entanto, é essencial que os projetos tenham um impacto significativo na atividade da empresa ou empresas candidatas.

Por último, na fase 3, correspondente à execução, é apoiada a comercialização das soluções, produtos ou serviços desenvolvidos na fase anterior, através de empréstimos a juros baixos ou acesso a capital de risco.

Outra das vantagens do SME Instrument reside na apresentação das candidaturas, que estão continuamente abertas. Desta forma, as empresas podem submetê-las a qualquer momento. Anualmente, são definidos quatro timings de avaliação, com cut-off de três em três meses.

Para 2015, as candidaturas podem ser submetidas desde 1 de janeiro, ocorrendo a primeira avaliação já a 18 de março. As avaliações seguintes serão a 17 de junho, a 17 de setembro e a 16 de dezembro.

No caso das PME associadas da AEP, a elaboração da candidatura não implica qualquer investimento financeiro inicial. Os serviços disponibilizados pela associação vão da consultoria inerente à elaboração da candidatura até à assessoria na obtenção de financiamento e em áreas técnicas. É assegurada à empresa, igualmente, a manutenção de todos os direitos de propriedade intelectual a seu favor.

Para mais informações, contactar:
AEP Enterprise Europe Network
Céu Filipe
Tel.: +351 22 998 16 94; E-mail


A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt