AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - notícias em destaque

AEP com três novos Sócios Honorários

 

Por ocasião dos seus 166 anos, a associação distinguiu a Câmara de Matosinhos e os antigos dirigentes Valente de Oliveira e Luis Portela, a quem concedeu o estatuto de sócio honorário. Na mesma cerimónia, cinco empresas receberam diplomas pelos seus 50 e 75 anos de filiação associativa.


A Câmara Municipal de Matosinhos e os antigos dirigentes Luís Valente de Oliveira e Luís Portela são, desde 19 de maio, sócios honorários da AEP - Associação Empresarial de Portugal. A entrega dos diplomas respetivos decorreu durante uma cerimónia evocativa dos 166 anos da instituição, fundada em maio de 1849 com a designação social de Associação Industrial Portuense.

Na mesma altura, cinco empresas receberam diplomas por 50 e 75 anos de filiação associativa. Pelas cinco décadas de ligação à AEP, foram distinguidas a Flexitex - Fábrica de Tecidos, a Guerner & Irmãos e a Mecânica Exacta, enquanto à Cabelte e à Ferreira Marques & Irmão (Topázio) foi entregue o diploma dos 75 anos.

“A AEP está viva, está a renovar-se e quer continuar a responder às necessidades das empresas e da região onde tem as suas raízes”, disse o seu presidente, Paulo Nunes de Almeida, durante a breve cerimónia, realizada na sede social da associação, no Porto, na presença de vários elementos dos órgãos sociais, do presidente da Câmara de Matosinhos, Guilherme Pinto, de gestores das cinco empresas distinguidas e das duas personalidades homenageadas.

O reconhecimento, a dedicação e o compromisso, justificou Paulo Nunes de Almeida, são “valores que fazem parte da história da AEP”. Por isso, disse-se honrado por prestar tributo, na mesma ocasião, à autarquia matosinhense, “um aliado que sempre acreditou num projeto de futuro como é a Exponor”, a duas personalidades que “nos ajudaram a pensar e a fazer melhor” e a cinco empresas - “com história, todas elas” - que têm sabido “adaptar-se à exigência dos tempos e continuam a criar valor económico”.

Enaltecendo a presença do presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Paulo Nunes de Almeida aproveitou para destacar o regresso ao Norte do Rali de Portugal e a instalação do principal centro operacional da prova na Exponor. “Sabemos que foi a autarquia quem criou condições para que isso acontecesse, mas é uma grande honra para a AEP poder colaborar num evento que projeta Matosinhos e o Norte, provando que a Exponor continua a ter imensas potencialidades e tem futuro”, realçou.

O presidente da AEP agradeceu ainda a dedicação de Valente de Oliveira à AEP e a “colaboração muito positiva” recebida do antigo presidente da CCDR-N e ministro em três governos, ocupando as pastas, sucessivamente, da Educação, do Planeamento e das Obras Públicas e Transportes. “A AEP e a Fundação AEP beneficiaram do seu saber e conhecimento. O percurso que connosco fez honra-nos muito, mas, infelizmente, nem sempre o país o soube ouvir…”, lamentou Paulo Nunes de Almeida, dirigindo-se àquele antigo administrador e dirigente da AEP.

Sobre Luis Portela, o presidente da AEP enalteceu a “excelência da sua carreira empresarial” e a “disponibilidade” para colaborar com o movimento associativo empresarial, evocando a sua passagem pelo Conselho Geral da associação, durante vários mandatos dos presidentes Ludgero Marques e José António Barros, e a presidência do Health Cluster Portugal, polo de competitividade das indústrias e serviços portugueses de saúde.

Paulo Nunes de Almeida agradeceu ainda às cinco empresas galardoadas pela sua antiguidade associativa, dizendo-se reconhecido pela “confiança” e pela “caminhada feita em conjunto”. Receberam os diplomas Domingos Leite Castro, da Flexitex - Fábrica de Tecidos; Manuel Guerner, da Guerner & Irmãos; Carlos Malta, da Mecânica Exacta; Mário Pais de Sousa, da Cabelte; e José Seca, da Ferreira Marques & Irmão.




A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt