AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - aep

AEP responsável pela representação das Indústrias Criativas na Europa

 

Deste grupo fazem parte 32 países europeus, dos quais destacamos a Bélgica, Espanha, Finlândia, França, Itália, Reino Unido e Suécia


No âmbito das suas responsabilidades e atribuições como parceiro do Consórcio português da Enterprise Europe Network, a AEP regista a célere aprovação da candidatura que apresentou à Comissão Europeia para ser representante nacional no grupo sectorial das Indústrias Criativas.

Deste grupo fazem parte 32 países europeus, dos quais destacamos a Bélgica, Espanha, Finlândia, França, Itália, Reino Unido e Suécia. A candidatura da AEP tem na sua base a forte implementação nacional que este sector de atividade regista, com uma expressão já muito significativa no Norte do país.

De facto é de destacar o trabalho já desenvolvido por entidades como a ADDICT, Fundação de Serralves, Escola das Artes da Universidade Católica do Porto e Fundação Bienal de Cerveira, entre outras. A AEP, com o objetivo de reforçar a cooperação entre os diferentes intervenientes neste sector, está a encetar contactos, com vista ao estabelecimento de parcerias com estas entidades.

Na verdade, o enfoque principal passa por ajudar as empresas nacionais a encontrar clientes e parceiros de cooperação e a desenvolver os seus projetos, concentrando-se sobretudo em áreas onde o sector enfrenta barreiras para o crescimento, tais como o acesso ao financiamento e mercados de exportação.

Alguns indicadores da importância do sector a nível nacional
. Taxa de crescimento média anual das exportações culturais e criativas: superior a 10% na última década.
. Contribuição do sector em toda a riqueza gerada em Portugal: 3,1% em 2010.
. Volume de negócios gerado pelo sector: 5,6 mil milhões de euros.
. Nº de pessoas a trabalhar no sector: cerca de 76 mil pessoas em 2011.
. Exportação de bens culturais: 7 mil milhões de euros em 2012.

Alguns indicadores da importância do sector a nível internacional
. Sector responsável por 8,5 milhões de empregos.
. Contribuição para o PIB total da União Europeia estimada em cerca de 4,5%.
. Taxa média de crescimento entre 2002-2011 de 8,8%.

Neste âmbito, partilhamos da ideia veiculada pelo Professor Augusto Mateus de que “O futuro das economias europeias depende decisivamente da respetiva capacidade em colocar a cultura, a criatividade e o conhecimento no centro das atividades económicas.”

A Cultura e a Criatividade na Internacionalização da Economia Portuguesa, da autoria da Sociedade de Consultores & Associados.


A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt