AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Quinta-feira, 21 de Junho de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - notícias em destaque

Conselho de Negócios reforça relações económicas com Senegal

 

As trocas comerciais entre o nosso país e o Senegal vão intensificar-se. É esse o principal objetivo do Conselho de Negócios que resulta de uma parceria entre a AEP e a confederação empresarial daquele país da África Ocidental


Tendo em vista o incremento das relações económicas e a cooperação empresarial entre os dois países, acaba de ser criado o CNPS - Conselho de Negócios Portugal-Senegal. A cerimónia constitutiva decorreu em Lisboa, aquando da recente visita de Estado do presidente da República senegalesa, Macky Sall, que esteve presente, assim como o Vice-Primeiro-Ministro português, Paulo Portas.

Ambos quiseram apadrinhar a criação de um organismo que se propõe fazer aumentar o comércio bilateral e ajudar à concretização de investimentos portugueses num país que, como reconheceu a segunda figura do Governo de Portugal, é uma “porta de entrada” para as nossas empresas nos mercados da África Ocidental.

A criação desta plataforma de negócios luso-senegalesa fica a dever-se à AEP - Associação Empresarial de Portugal e ao CNP - Conselho Nacional do Patronato, a confederação empresarial senegalesa. Subscreveram o acordo constitutivo Ana Paula Roque, membro do Conselho Geral da AEP, e Baïdy Agne, presidente do CNP.

Os sectores agroindustrial, da energia, do turismo, da construção e obras públicas, das tecnologias da informação e da comunicação e os serviços, em vários ramos, são particularmente atraentes para as empresas nacionais, na avaliação dos técnicos da AEP que analisaram a economia do Senegal, para onde Portugal exportou menos de 41 milhões de euros em 2014. Quatro anos antes, porém, as vendas lusas naquele destino chegaram aos 54,7 milhões de euros, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística.

A constituição do CNPS, em que estão representadas, para já, 10 empresas de cada lado, resulta do conhecimento que os dirigentes associativos portugueses têm da realidade socioeconómica senegalesa, fruto do trabalho desenvolvido pela AEP Internacionalização ao longo dos últimos anos, e do excelente relacionamento institucional existente entre as duas organizações fundadoras. A isto acrescem as participações do presidente da AEP, Paulo Nunes de Almeida, em dois encontros recentes de alto nível do FOGECA - Forum des Opérateurs pour la Garantie de l’Emergence Economique en Afrique, organização não-governamental de promoção do investimento para o desenvolvimento de África, sediada em Dakar.

Aliás, várias oportunidades de negócio identificadas pela AEP correspondem a projetos apoiados por organismos multilaterais, o que atenua os fatores de risco e poderá encorajar empresas e consórcios portugueses pela economia do Senegal e de outros países da região.

A presidência do novel conselho de negócios será partilhada, em pé de igualdade, pelos líderes das duas organizações promotoras, que anualmente, pelo menos, serão os anfitriões de uma reunião alargada de empresários dos dois países. Nessa perspetiva, a AEP promove em outubro próximo uma missão inversa de empresários e compradores senegaleses, de âmbito multissectorial, que se deslocarão ao nosso país, entre os dias 14 e 16.

No mês seguinte, será a vez de um grupo de empresários portugueses, de vários sectores, estar em Dakar. Será durante uma missão empresarial que a associação organizará, entre 15 e 22 de novembro, ao Senegal e ao Gana, outro país da África Ocidental com uma procura ajustada à oferta portuguesa.

Para 2016, estão programadas uma missão idêntica à Guiné Equatorial (março) e a participação numa feira de alimentação e bebidas na Nigéria (18 a 20 de maio). Depois, em outubro, uma nova comitiva de empresários portugueses voltará a Dakar, para consolidação de contactos e otimização dos canais abertos com a criação do CNPS.

Para além da promoção de negócios e de um diálogo mais estruturado com os governos de ambos os países, são propósitos do CNPS o intercâmbio de informação, a atração de investimento português no Senegal e vice-versa, a transferência de tecnologia, o fomento do empreendedorismo feminino e a formação profissional, área em que a AEP mantém uma alargada atividade, há muitos anos.

O Senegal é um dos 42 mercados que a AEP está a trabalhar. O seu programa de internacionalização “Business on the way” para o segundo semestre de 2015 e o ano de 2016, cofinanciado pelo Governo de Portugal e pela União Europeia ao abrigo do Compete 2020, abarca mais de meia centena de ações, a maior parte delas abertas à participação de empresas dos mais variados sectores.

Para mais informações, contactar:
AEP Internacionalização
Cristina Laranjeira
Tel.: 22 998 17 81


A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt