AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Domingo, 24 de Junho de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - notícias em destaque

Fórum de Negócios luso-senegalês a 15 de outubro na AEP

 

O Senegal ganhou centralidade na agenda das empresas portuguesas. Criado o Conselho de Negócios bilateral, entre 14 e 16 de outubro a AEP acolhe uma missão de compradores daquele país africano


Decididamente, o incremento das relações económicas com o Senegal está na agenda da AEP - Associação Empresarial de Portugal. Um mês depois da constituição do Conselho de Negócios Portugal-Senegal, aquando da recente visita de Estado do presidente da República senegalesa ao nosso país, tem lugar, a 15 de outubro, um Fórum de Negócios que juntará dezenas de empresários dos dois lados.

O encontro realiza-se no edifício de serviços associativo, em Leça da Palmeira, Matosinhos, e resulta da iniciativa conjunta da AEP e da consultora Africa Cluster, com sede em Dakar. Haverá encontros B2B e um seminário, com oradores dos dois países, durante o qual será apresentada uma das economias mais dinâmicas da África Ocidental.

Em destaque, estarão alguns sectores em que o Senegal pode proporcionar boas oportunidades de investimento (agricultura, pescas e turismo, nomeadamente), assim como atividades económicas em que a procura daquele país africano encaixa na oferta portuguesa (construção, ambiente e energia, formação e serviços financeiros).

A comitiva empresarial senegalesa, de que fazem parte empresários e gestores de várias áreas, integra uma missão inversa de compradores que a AEP traz a Portugal, entre os próximos dias 14 e 16 de outubro. Para além do Fórum de Negócios, o programa contempla contactos institucionais e visitas a empresas localizadas no Norte do país.

Politicamente estável, com quase 14 milhões de pessoas e um PIB acima dos 4%, com tendência de subida (5,6% em 2017, nas projeções do FMI), o Senegal é um dos 15 membros da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental com melhores índices de desenvolvimento. Os serviços representam atualmente mais de 60% da riqueza produzida no país, que tem no turismo e no comércio as suas principais fontes de receita (cerca de 20%), deixando para trás as atividades tradicionais relacionadas com a agricultura, pescas e floresta (15,8%).

Daí que, na avaliação dos técnicos da AEP que conhecem o mercado, haja sectores com oportunidades particularmente atraentes para as empresas portuguesas. É o caso da indústria agroalimentar, da energia, do turismo, da construção e das tecnologias de informação e da comunicação.

A balança comercial bilateral tem perdido expressão, nos último anos, mas continua favorável ao nosso país, que no ano passado exportou para o Senegal menos de 41 milhões de euros, fruto do esforço comercial de pouco mais de duas centenas de empresas. Quatro anos antes, porém, as vendas portuguesas naquele destino chegaram aos 54,7 milhões de euros.

Entretanto, na sequência da missão inversa que na próxima semana acolhe, a AEP estará em Dakar já no próximo mês, com uma representação de âmbito multissectorial. Será durante uma missão empresarial que terá lugar entre 15 e 22 de novembro e passará também pelo Gana, outro país da África Ocidental com uma procura ajustada à oferta portuguesa.

O Senegal é um dos 42 mercados externos que a AEP está a trabalhar neste e no próximo ano. O seu programa associativo de internacionalização, cofinanciado pelo Governo de Portugal e pela União Europeia ao abrigo do Compete 2020, abarca mais de meia centena de ações, a maior parte delas abertas à participação de empresas dos mais variados sectores.

Para informações mais detalhadas, contactar:
AEP Internacionalização
Cristina Laranjeira
Tel.: 22 998 17 81; Fax:+351 22 998 17 74



A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt