AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Sábado, 20 de Outubro de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - notícias em destaque

Exponor responde às necessidades das indústrias têxtil e do calçado

 

Os investimentos em bens de equipamento para as indústrias portuguesas do têxtil e do calçado passam pela Exponor. Entre 5 e 7 de novembro, volta a Maquitex e estreia a MaquiShoes


As feiras técnicas e de bens de equipamento estão de volta à Exponor, em Matosinhos. Entre 5 e 7 de novembro, a participada da AEP - Associação Empresarial de Portugal especializada em feiras e congressos promove dois certames, em simultâneo, dirigidos às nossas indústrias têxtil e do calçado.

Ambas souberam transformar a crise numa oportunidade, tornaram-se mais competitivas e globais e têm tido um papel decisivo no aumento das exportações portuguesas. É a pensar na sua modernização, produtividade e apetrechamento tecnológico que se realizam a Maquitex e a MaquiShoes.

Em 16.ª edição, a Maquitex – Feira de Máquinas, Tecnologia e Acessórios para a Indústria Têxtil, da Confeção, Vestuário e Bordados está de regresso, 11 anos depois de ter saído do calendário da Exponor. São esperados 50 expositores, entre os quais os principais fabricantes e distribuidores de equipamentos para a fileira têxtil a operar em Portugal, que apresentarão as soluções técnicas mais recentes de cerca de duas centenas de marcas.

Paralelamente, dar-se-á a estreia da MaquiShoes – Feira de Máquinas, Tecnologia e Acessórios para a Indústria do Calçado. Deverão participar cerca de 20 expositores e estarão representadas mais de 50 marcas.

Em causa estão dois sectores de bens transacionáveis cujas empresas estão a fazer (ou se preparam para fazer) importantes investimentos de substituição e/ou de modernização das suas linhas de fabrico. A nova leva de incentivos e financiamentos públicos ao investimento produtivo – nomeadamente, ao abrigo do programa Compete 2020 – e a melhoria das condições proporcionadas às empresas pela banca estão a fazer com que a indústria, finalmente, passe das intenções aos atos.

O ressurgimento da Maquitex acontece num momento favorável para a indústria têxtil e do vestuário (ITV) nacional, que nos últimos dois anos conseguiu aumentar as exportações e manter o nível de emprego e o número empresas. Dados recentes do Instituto Nacional de Estatística mostram que 2014 foi, na última década, um dos melhores anos para o sector. As exportações aumentaram quase 8% face a 2013, superando os 4,6 mil milhões de euros. A ATP – Associação Têxtil e do Vestuário de Portugal mantém-se confiante e na expectativa de as vendas ao estrangeiro aumentarem mais, ambicionando chegar aos 5 mil milhões de euros no final desta década. Nos últimos dois anos, o emprego da ITV estabilizou nos 120 mil trabalhadores, pertencentes aos quadros de cerca de 5 mil empresas.

Ainda que o interregno entre esta e a anterior Maquitex, em 2004, tenha durado todos estes anos, a organização - uma parceria entre a Exponor e a empresa Offe - Organização Funcional de Feiras e Eventos - não se tem poupado a esforços e quer que o evento volte a ser uma “feira de referência do sector têxtil na Península Ibérica”, proporcionando a empresários, gestores, técnicos especializados, designers e engenheiros de produção o contacto com as últimas novidades em matéria de máquinas e tecnologias produtivas para a ITV.

Por seu lado, a indústria portuguesa de calçado tornou-se numa referência top a nível mundial, pela alta qualidade dos seus produtos, pela associação ao mundo da moda e pela aposta na marca Portugal. Mas, para se manter competitiva tem de continuar a apostar em I&D, em novas soluções tecnológicas e em design.

A MaquiShoes vai ao encontro dessas necessidades, apresentando-se “como a única feira profissional do sector que aposta na inovação e tecnologia a realizar-se em Portugal”. No pavilhão 6 da Exponor e nos três dias do certame, dará a conhecer máquinas e equipamentos, componentes, produtos químicos, matérias-primas, acabamentos, peles, solas e outros produtos e serviços para a indústria de calçado, que no ano passado vendeu no estrangeiro perto de 95% da sua produção, o equivalente a 1,8 mil milhões de euros.

Em Portugal, mais de 1.400 empresas produzem sapatos e o sector emprega actualmente 37 mil trabalhadores.

Para mais informações, consulte os sites da Maquitex e da MaquiShoes.


A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt