AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Quinta-feira, 21 de Junho de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - notícias em destaque

Concreta 2015 apresenta-se mais urbana e criativa

 

Com a indústria da construção a dar sinais de recuperação, a Exponor dá um toque de modernidade urbana à Concreta 2015, abrindo-a a temáticas como a requalificação, a sustentabilidade, as cidades inteligentes e a eficiência energética


Com uma ambiência marcadamente urbana e mais aberta à participação dos agentes económicos que, a montante e a jusante da indústria, se enquadram na fileira da construção. A poucos dias de abrir portas, é assim que a organização antevê a 27.ª Concreta – Feira de Construção, Reabilitação, Arquitetura e Design, que, entre os dias 19 e 22 de novembro, voltará a atrair milhares de profissionais, de todos os subsectores, dos projetistas aos especialistas em acabamentos, à Exponor, em Leça da Plameira, Matosinhos.

Estão confirmados 200 expositores, 20 dos quais estrangeiros, entre fabricantes, importadores e distribuidores de todo o tipo de materiais de construção, gabinetes de arquitetura, serviços de engenharia e especialidades técnicas.

Embora se dirija a profissionais, a feira estará também aberta ao público nos últimos dois dias de funcionamento (sábado e domingo), entre as 10 e as 20 horas. No cômputo dos quatro dias, deverão passar pelo pavilhão 5 da Exponor cerca de 20 mil pessoas.

Paralelamente, decorrerá o 18.º Endiel – Encontro para o Desenvolvimento do Sector Elétrico e Eletrónico, repetindo o figurino adotado em 2011. São mais 30 expositores, entre empresas industriais e de serviços, representativos da oferta nacional do sector, parceiro de primeira linha da fileira da construção em áreas como a requalificação urbana, a sustentabilidade, as cidades inteligentes e a eficiência energética.

Do programa fazem ainda parte dezenas de iniciativas de carácter técnico e científico, como workshops, conferências e apresentações de novos produtos.

“This is Concreta” é o conceito em que se alicerçou o certame, para o qual os especialistas em feiras e congressos da AEP - Associação Empresarial de Portugal procuraram, desde a primeira hora, atrair empresas e profissionais com trabalho feito nas áreas da reabilitação, sustentabilidade e arquitetura.

A essa intenção corresponde o layout da feira, com o assumido propósito de levar os visitantes a percorrê-la com a naturalidade própria de quem caminha no espaço público. Daí as “praças” em que o evento espacialmente surgirá organizado - como numa cidade.

Estão previstas, ao todo, sete praças temáticas, algumas das quais criadas em parceria com empresas e marcas representadas na feira, que lhes dão nome: “Still Urban Design”, “Secil”, “Amorim e Gyptec”, “Construção Sustentável”, “Smart Cities”, “Arquitectura” e “Cozinhas”. Haverá, ainda, três zonas dedicadas às tendências do mercado de arquitetura e design, configuradas no espaço “Urban Trends”.

Entre as novidades figura, igualmente, o espaço “Arquitetura”, criado em parceria com a Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitetos, onde estarão dezenas de profissionais do sector a expor os seus trabalhos. Aquela organização é, de resto, uma das entidades parceiras da Concreta 2015, juntamente com a APCMC - Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção, a AICCOPN - Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas, a ADDICT - Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas e a Bienal de Cerveira.

Mas a promoção da fileira portuguesa da construção não se limita à feira. A Exponor, com o apoio de outros centros operacionais da AEP, vai promover, nos primeiros dias do evento, várias ações dirigidas a compradores e prescritores estrangeiros. São esperados agentes de mercado oriundos do Reino Unido, França Bélgica, Alemanha, Noruega, Dubai, Emirados Árabes Unidos, Colômbia, Marrocos e Argélia.

A responsabilidade social também figura no rol de preocupações da Exponor. E no âmbito da iniciativa Concret(izar), lançada em Abril, a Cooperativa do Povo Portuense vai receber os materiais necessários à recuperação de um terço (300 metros quadrados) do telhado do seu edifício-sede, na Baixa do Porto, que precisa de ser recuperado, assim como tintas, revestimentos, pavimentos e louça sanitária.

Para mais informações, consulte o Site da Concreta.




A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt