AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Sábado, 20 de Outubro de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - notícias em destaque

Novo Rumo a Norte vai ter apresentações descentralizadas

 

Entre final de março e princípio de maio, o projeto promovido pela AEP e ativado por uma rede colaborativa de quase seis dezenas de parceiros será dado a conhecer nas oito sub-regiões mais a Norte de Portugal continental, a cujos empreendedores e PME se dirige


Arranca no fim do mês, em Chaves, prolongando-se até ao início de maio, o road show de apresentação do projeto Novo Rumo a Norte nas oito sub-regiões às quais se dirige esta iniciativa da AEP – Associação Empresarial de Portugal. A sua operacionalização propiciou a criação de uma rede colaborativa, com quase seis dezenas de parceiros, que tem vindo a mobilizar o movimento associativo empresarial da região, de onde saem 39% das exportações portuguesas.

O projeto visa, em linhas gerais, apoiar empreendedores, micro, pequenas e médias empresas de 86 concelhos da região Norte, independentemente do sector em que operem, no acesso a mais e melhor informação económica e a rentabilizar os diferentes instrumentos de apoio disponíveis até 2020, no quadro do atual ciclo de fundos estruturais da União Europeia. Daí que os três eixos fundamentais de intervenção sejam a cooperação, o empreendedorismo e a inovação.

O primeiro dos oitos seminários previstos terá lugar em Chaves. É dinamizado pela ACISAT – Associação Empresarial do Alto Tâmega, uma das sete entidades parceiras de primeira linha da AEP. Aproveitando a presença de especialistas em questões económicas e de dirigentes associativos de outros pontos da região Norte, numa parte do encontro estará em debate um tema caro aos agentes económicos e aos decisores políticos dos territórios de baixa densidade: a captação de investimento. “Pouca gente, muita terra, grandes projetos. Como atrair investimento?” é a pergunta-desafio feita aos participantes.

Aliás, em todos os seminários de apresentação do Novo Rumo a Norte, nas diferentes sub-regiões abrangidas, estará em equação um assunto relevante para o respetivo tecido empresarial. Assim será em Bragança, nos primeiros dias de abril, quando a Nerba – Associação Empresarial do Distrito de Bragança levar a debate o tema “Projetos empresariais: que instrumentos de financiamento?”.

Depois, em Braga, a AIMinho – Associação Empresarial colocará à discussão “A inovação numa indústria competitiva – oportunidades e incentivos”, para na quarta sessão deste road show, a realizar em Guimarães, o Cedrac – Conselho Empresarial da Região do Ave e Cávado privilegiar a questão da eficiência energética. “Gestão responsável: o caso da eficiência energética” é o tema.

“O turismo e o interior – que futuro?” servirá de mote às intervenções que especialistas em turismo e dirigentes associativos farão no encontro que está a ser organizado, conjuntamente, pela AEP e pela Nervir – Associação Empresarial de Vila Real e que terá lugar em meados de abril próximo na capital transmontana.

Já o CETS – Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa optou por levar a debate, em Felgueiras, a “Industrialização – a alavanca para a economia global: as boas práticas”.

Nos últimos dias de abril, em Viana do Castelo, a Ceval – Confederação Empresarial do Alto Minho propõe-se registar o que os participantes terão a dizer sobre “O mar – um novo rumo para a economia”.

Na última das oito sessões deste ciclo, já nos primeiros dias de maio e no Porto, a AEP fará a apresentação do Novo Rumo a Norte e propõe-se estimular um debate sobre “Qualificar para a inovação em contexto empresarial”.

A execução do projeto Novo Rumo a Norte, de que a AEP é promotora e coordenadora, é cofinanciada pelo Norte 2020 – Programa Operacional Regional do Norte 2014/2020 e tem o patrocínio do Banco BIC.

Para mais informações, contactar:
AEP – Associação Empresarial de Portugal
Novo Rumo a Norte
Raquel Araújo
E-mail.



A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt