AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Intervenções Institucionais

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - informação económica

Sexto número da publicação económica trimestral

 

1º Trimestre de 2016


Neste sexto número da Envolvente Empresarial – Análise de Conjuntura, referente ao 1º Trimestre de 2016, destacamos:

A nível nacional:
- o ritmo de crescimento económico aumentou em 2015 (para 1.4%) com a aceleração do consumo privado, das exportações e da FBCF, apesar da evolução menos favorável destas duas últimas componentes no quarto trimestre, o que justificou um abrandamento do PIB e levou a uma revisão em baixa das perspetivas para 2016 nas recentes projeções do Banco de Portugal;
- em 2015 destaca-se ainda o máximo anual da intensidade exportadora (40.3% do PIB), a forte criação líquida de empresas, a redução da taxa de desemprego (para 12.4%) e a subida ligeira do excedente externo (para 1.7% do PIB);
- no final de março, o novo Presidente da República promulgou o OE 2016, onde se prevê uma redução do défice público para 2.2% com uma previsão de crescimento de 1.8%, acima das projeções mais recentes do Banco de Portugal e do FMI;
- o Primeiro-ministro apresentou as linhas gerais do Plano Nacional de Reformas, para discussão.

A nível internacional:
- o BCE reforçou as medidas expansionistas de política monetária em março para reavivar a economia europeia;
- a OCDE reviu em baixa as projeções para o crescimento da economia mundial em 2016 e 2017, com uma retoma modesta nas economias avançadas e o abrandamento de várias emergentes;
- em 2015, o euro depreciou-se 16.5% face ao dólar e o índice global de matérias-primas do FMI recuou 35.3%, a refletir uma queda de 47% na cotação do barril de brent em dólares;
- no início do ano ocorreram novos desenvolvimentos em fatores geradores de incerteza para a economia europeia, como o referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia, a crise dos refugiados e o terrorismo.


A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt