AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - notícias em destaque

AEP congratula-se com a conclusão da reabilitação do Monumento ao Empresário

 


A AEP - Associação Empresarial de Portugal manifesta o seu apreço pelas várias iniciativas de homenagem que decorrem esta semana ao escultor José Rodrigues, falecido a 10 de setembro, e autor do Monumento ao Empresário, cuja reabilitação foi concluída pela Câmara Municipal do Porto, através da empresa Águas do Porto, processo no qual a AEP muito se empenhou e apoiou.

Para a AEP, a reabilitação do Monumento ao Empresário, é um marco importante para a cidade de Porto mas também para a associação. “Este monumento faz parte da história da AEP. Foi com o apoio de dezenas de empresários que se empenharam na sua construção, entre eles o então presidente desta associação, Ludgero Marques, que José Rodrigues a criou, e a simbologia da obra levou este grupo de empresários a doá-la à cidade do Porto, em julho de 1993”, recorda Paulo Nunes de Almeida.

Esta obra de José Rodrigues foi pensada e edificada para transmitir a força e o espírito empreendedor dos empresários da região Norte e de todo o país. Situado entre as Avenidas Marechal Gomes da Costa e da Boavista, o monumento de grandes dimensões é composto por uma esfera em mármore Estremoz raiado, um prisma, uma base irregular equilátera, uma pirâmide e uma base triangular equilátera, sendo todo o conjunto animado com efeitos de água e luz. Nos últimos 20 anos, o Monumento ao Empresário foi-se degradando até a Câmara Municipal do Porto ter iniciado a sua recuperação no passado mês de setembro, “uma decisão que a AEP agradece e felicita”, salienta o presidente da associação.

O presidente da AEP, Paulo Nunes de Almeida, considera de grande relevo as manifestações de apreço pelo escultor e pela obra deixada numa altura em que comemoraria 80 anos de vida, e lembra o seu papel como dinamizador das belas artes e da cultura em Portugal e no mundo, enquanto fundador da Cooperativa Cultural Árvore, no Porto, e promotor da Bienal de Vila Nova de Cerveira.


AEP, Leça da Palmeira, 28 de outubro de 2016




A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt