AEPortugal

Associação Empresarial de Portugal

Terça-feira, 20 de Novembro de 2018.Visitante

Login Pedido de Informação Imprimir

 

 

AEPortugal

Informação Económica

Formação

 

AEP Projetos

 

Feiras

Internacionalização

Enterprise Europe Network

Qualidade

Ambiente e Energia

S S T

Sistemas de Incentivos

Jurídico

AEPortugal

AEP

Apresentação

Breve Historial

Estatutos

Orgãos Sociais 2017 - 2020

Organograma

CSA  -  Conselho Superior
 Associativo

Inscrição em Eventos

Biblioteca AEP On-line

Newsletters AEP

Subscrever Newsletters AEP

Publicações AEP

Recursos Humanos

AEPortugal

SÓCIOS

Admissão

Actualização de Dados

548.000 Maiores Empresas

Económico Digital

CONTACTOS

AEPortugal

FUNDAÇÃO AEP

APCER

CESAE
Católica Porto Business  School
Exponor
Exponor - Brasil
Formação PME
IDIT
Parque - Invest
 
 

 

 

   

 

     Logo facebook

 

 

A E Portugal : notícias
 

notícias - notícias em destaque

Posição da AEP sobre o processo do Novo Banco

 


A AEP - Associação Empresarial de Portugal manifesta preocupação pela indeterminação que rodeia o importante processo de alienação do Novo Banco, num contexto que se caracteriza por diversas incertezas e problemas do sistema financeiro português.

Sublinha, ainda, a preocupação relativa à decisão que irá ser tomada, entendendo a AEP que deverá ser privilegiada uma solução que promova acionistas verdadeiramente estratégicos, com a inerente estabilidade de médio e longo prazo, em detrimento de uma solução de curto prazo, a qual poderia trazer efeitos profundamente nefastos ao nível do financiamento da atividade económica, em particular do tecido empresarial, domínio em que o Novo Banco tem presença com algum relevo.

No quadro do necessário e urgente relançamento do investimento empresarial e do incontornável apoio à internacionalização das empresas, importa assegurar que a decisão que vier a ser tomada não coloque em causa o que foi uma das razões invocadas para a aplicação da medida de resolução, deliberada pelo Banco de Portugal em 3 de agosto de 2014, e que diz: “a relevância da instituição no conjunto do sistema bancário e no financiamento da economia”.

Os grandes motores do crescimento económico – investimento e exportações –, onde o protagonismo das empresas é evidente, exigem uma resposta adequada ao nível do seu financiamento, assegurado, em grande parte, pelo sistema financeiro.

Porto, 13 de janeiro de 2017
Paulo Nunes de Almeida
Presidente da AEP - Associação Empresarial de Portugal



A E Portugal : Informação de Rodapé

Design por: www.designarte.pt

Desenvolvido por CESAE: www.cesae.pt

Webmaster: dti@mail.cesae.pt